Emissoras julgam razoável prazo para mudança de sinal analógico e digital

As emissoras de televisão consideram razoável o prazo dado pelo governo, até 2018, para mudança de sinal analógico para o digital. Mas tudo vai depender do respeito às condições acordadas para a migração, como a liberação de verbas e a distribuição de conversores.

Há uma preocupação com as questões técnicas que envolvem a troca dos sinais. Isso inclui a limpeza do espectro e a entrada dos transmissores e infraestrutura para sustentar o sinal da internet de quarta geração (4G), que ocupará a faixa de 700 MHz, leiloada em certame realizado no último mês de setembro.

As operadoras de telefonia que vão operar a frequência para a banda de internet são as maiores interessadas em uma limpeza rápida. Afinal, isso permitira o início da prestação do serviço, que garantirá maior retorno do investimento estimado em quase R$ 12 bilhões, a serem pagos pelos lotes negociados com o governo.

FONTE: Sul Rádio.com.br